quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Como criar logotipo com Photoshop - Publicado por Rodrigo em 07/09/09

Criar logotipos usando Photoshop não é tarefa complicada. Na verdade, criar logotipos com Photoshop é bem simples e, por isso, temos que tomar cuidado com detalhes para não exagerarmos na criação do mesmo. Neste artigo, você conhecerá alguns conceitos que podem fazer a diferença na hora de criar o logotipo da sua empresa, logotipo do seu site ou blog.
Contraste no logotipo
Para conseguir um efeito visual que chame a atenção, você precisa criar contraste entre as letras ou palavras da sua marca e de sua respectiva mensagem.
O Photoshop oferece ferramentas de modificação de caracteres e parágrafos que auxiliam muito na aplicação de contraste entre letras e palavras, para criar logotipo. Essas ferramentas estão localizadas nas paletas Character e Paragraph.
Passando rapidamente, na paleta Character, podemos alterar a fonte do texto, seu tamanho em pontos, sua largura, altura, distância entre letras, subscrever e sobrescrever o texto.
Usando apenas o que foi mencionado acima, podemos criar logotipos como os que você pode ver abaixo:
Note o contraste entre as palavras e url.
Imagens personalizadas no logotipo
Juntamente com o logotipo, podemos utilizar imagens personalizadas e, dessa forma, podemos fazer com que nossa marca seja conhecida através de um simples desenho, ou através do logotipo completo. No Photoshop, chamamos estas formas personalizadas de shapes.
Portanto, podemos utilizar shapes do Photoshop para criar o logotipo ou, também, podemos criar shapes para usá-los posteriormente. Encontramos a ferramenta Shape Tool na Toolbox do Photoshop ou através das teclas U/ SHIFT + U.
Cores no logotipo
Por último, podemos utilizar cores e gradientes no logotipo. Aí não tem muito segredo. Vá em Layer > Layer Style e selecione Color Overlay( Sobreposição de cor) e/ou Gradient Overlay( Sobreposição de Gradiente).
Veja nos exemplos abaixo:
Finalizando, quero que todos fiquem cientes que os exemplos são meramente ilustrativos e, logotipos acompanhados da mensagem da empresa também são muito interessantes.
A idéia deve ser essa: logotipo simples, que leve a mensagem da forma mais clara e objetiva.


21 Agosto 2006 - por Magno Urbano
Eis algumas regras que utilizo no meu quotidiano e que podem ajudar:
1.   Todo design deve ser simples;
2.   Resuma todo o texto ao máximo;
3.   Utilize um padrão de escrita compatível com o público que quer atingir. Se sofisticar o tipo de escrita, limitará o entendimento da comunicação a um público mais erudito. Como regra geral, escreva de maneira a atingir, sempre, o maior número de pessoas.
4.   Ao criar um esquema de cores utilize, no máximo uma ou duas cores;
5.   Existem esquemas de cor incompatíveis (como mostramos aqui);
6.   Letras brancas em fundos negros são mais difíceis de ler do que ao contrário;
7.   Nunca resuma o seu trabalho a abrir uma imagem e aplicar um filtro no Photoshop;
8.   Numa página, caixa ou pôster nunca coloque mais do que seis ou sete elementos, pois este é o máximo que uma pessoa consegue absorver num instante;
9.   Os pontos mais vistos de uma página são o canto superior esquerdo e o canto inferior direito, sendo estes os melhores pontos para colocar elementos importantes, como, por exemplo, um logotipo;
10. Um logotipo deve ser simples e conciso;
11. Um logotipo deve permitir a sua redução até tamanhos pequenos sem perder a leitura. Experimente fazer fotocópia do seu logotipo com redução e veja se o logotipo continua legível;
12. Um logotipo nunca deve ser óbvio. Se estiver a fazer o logotipo de uma peixaria chamada Peixe Rosa Ltda., nunca crie um logotipo que seja um peixe pintado de rosa. Nunca seja óbvio. Seja criativo;
13. Nunca utilize as cores da bandeira de um país no logotipo de uma empresa;
14. Nunca use slogans que possam ser ridicularizados ou interpretados como absurdos, pedantes, arrogantes, etc.
15. Qualquer frase escrita numa caixa, pôster ou anúncio deve ser lida em, no máximo, dois ou três segundos;
16. Nunca use abreviações de palavras num elemento de comunicação, para não dificultar a leitura;
17. Nunca deixe o trabalho de comunicação a cargo de alguém que não sabe escrever. Apesar de parecer estranha essa regra, existe muita coisa a ser feita por pessoas que mal sabem a correta grafia das palavras…
18. Jamais entregue, ao Manézinho (conhecido de um amigo do seu primo de segundo-grau que tem “dons” artísticos), um amador, a tarefa de criar o material de marketing da sua empresa, apenas para não ter de pagar um profissional. Se quer mesmo economizar, não crie nada até ter dinheiro ou disposição para contratar alguém com real capacidade. Colocar a sua empresa aos cuidados do Manézinho pode ser suicídio empresarial…

Nenhum comentário:

Postar um comentário