sexta-feira, 27 de julho de 2012


Dicas - I

10 dicas básicas na hora de fotografar



1- Faça-se a Luz!
Repare na iluminação do ambiente, tente perceber de onde vem a luz e onde ela é mais forte e onde há mais sombras. Também fique atento na fonte de luz do lugar (sol, lâmpada fluorescente, lâmpada incandescente etc). Em toda câmera há um ajuste para cada tipo de luz (white Balance), se ajustarmos errado a foto podera sair mais avermelhada ou mais azulada. Deixar no Auto geralmente resolve o caso, mas talvez tenhamos que ajustar.
2- Tudo em Quadro!
Sempre que olhamos pelo visor das câmeras vemos exatamente o que aparecerá na foto, então é uma boa idéia checar bem o que aparece em quadro, pra termos certeza que não cortaremos nenhuma cabeça, nenhum pé, e também para avaliarmos se todos os elementos em quadro estão em equilibrio (em uma foto mais artística).
3- Tripé ou na Mão!
Dependendo da cena que fotografamos, teremos que avaliar se dá para fotografar com a câmera na mão ou se é necessário fazer uso de um Tripé para estabilizar a câmera ou atingir mais fácilmente certos ângulos. Exemplo: Festa a noite, você tem uma câmera compacta que ajusta automaticamente a abertura e velocidade. É melhor ter um tripé para garantir as boas fotos. Outro exemplo: Você está fotografando objetos em cima de algum lugar ou fazendo fotos estilo “Book” (modelos). o Tripé pode te ajudar bastante, pois você pode travar a câmera em um ângulo, altura e enquadramento.
4- Se não há Luz, há Flash!
O flash pode resolver alguns problemas, mas também pode causar muitos outros. A escolha de usar ou não o flash só pode vir do fotógrafo. Onde o flash ajuda: festas; onde há pouca luz, nenhum tripé ou sem controle do ISO; para congelar certas imagens (se estiver muito escuro a única luz que entrará na câmera é a do flash. Onde o flash atrapalha: torna díficil tiriar fotos rápidas em sequência; pode causar olhos vermelhos; pode causar brilhos inesperados em certos objetos, estragando a imagem; pode causar superexposição; a longas distâncias não faz a menor diferença, pois o flash tem um limite de distância que ele ilumina.
5 – Olho no Olho!
Para uma fotografia básica de retratos é legal sempre posicionar a câmera na altura dos olhos da pessoa a ser fotografada, pois assim, quando olharmos para a foto parecerá que estamos olhando para a pessoa, a imagem ficará mais bonita e mais agradável.
6- Você é Livre!
Se encontrar uma boa cena para fotografar, não se contenha. Fotografe-a! Não deixe para lá só porque alguem entrou na sua frente, peça licença. Não tenha vergonha, agache-se, suba em bancos, procure o melhor ângulo para sua foto. A pior coisa para um fotógrafo é o arrependimento por não ter feito um clique que gostaria de fazer!
7- Na Frente e no Fundo!
Antes de bater a foto, repare nos objetos em quadro. Perceba o que está em primeiro plano e o que está em segudo plano. A profundidade é essencial e os elementos que a compõem são importantíssimos. Veja se tudo está em harmonia e equilibrio.
8- Tanto na Vertical quanto na Horizontal!
Certas cenas pedem a câmera na vertical, repare nas linhas da cena que irá fotografar. Exemplo: ao fotografar um caminho entre várias árvores, as árvores são linhas verticais predominantes na cena, então é boa idéia experimentar fazer essa foto na vertical. Outro exemplo: Fotografar o mar de um lugar alto, pegando o horizonte. As linhas do mar, do horizonte e das nuvens são horizontais, portanto essa foto ficará mais interessante na horizontal. Claro que nada impede o fotógrafo de inclinar a câmera ou procurar deiferentes posições, lembre-se da dica 6 “Você é Livre!”
9- P&B!
Fotos coloridas, muitas vezes, passam beleza, alegria, vida. Mas experimente tirar fotos em Preto e Branco. Qualquer câmera hoje em dia tem a opção de tirar fotos em preto e branco, descubra onde fica esse recurso na sua. As fotos em P&B (ou B&W, Black and White) tem peso e carga dramática muito grandes. Podem, literalmente, transformar sua imagem.
10- Teste e Estude!
Sair tirando fotos de qualquer coisa é um erro, não ajuda em nada e só torna o fotógrafo preguiçoso. Mas aproveite a facilidade das câmeras digitais de tirar e apagar fotos para fazer testes, pense nas dicas , escolha uma boa cena e tire diversas fotos dela, faça testes. Não clique por clicar, mas clique conscientemente pensando no resultado final. E pequenas coisas podem ser arrumadas com softwares de tratamento de imagens, eu recomendo o Gimp que é gratuito, leve e resolve a maioria dos problemas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário